terça-feira, 16 de outubro de 2012

Os defeitos visuais e suas correções


Os defeitos visuais e suas correções


Miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia...esses termos são familiares, mas o que realmente significam? Em seguida, algumas definições simples para entendê-los melhor.
As três ametropias (defeitos visuais) são a miopia, hipermetropia e o astigmatismo.
A presbiopia (ou vista cansada) é uma alteração natural da visão de perto e que se manifesta em todas as
pessoas a partir dos 40 anos.

A Miopia

O míope vê mal de longe, mas enxerga bem de perto. O olho míope é "demasiado longo" ou “demasiado forte”. A imagem se forma à frente da retina, e o cérebro recebe a imagem borrada.


Os sinais da miopia

A dificuldade para ver ao longe é a queixa mais freqüente. Você franze os olhos para ver com nitidez de longe? O seu filho, ainda criança, escreve com o nariz colado no caderno? Não enxerga as placas ao longe quando dirige? Podem ser sinais de miopia.


Correção


A miopia é corrigida com uma lente côncava (negativa), que recoloca a imagem sobre a retina e restituiuma boa visão até o infinito.Quanto maior a miopia, maior será a espessura nas bordas das lentes e maior será o peso. Mas hoje, graçasà alta tecnologia e aos materiais modernos, é possível oferecer lentes mais leves e finas, mesmo nestescasos.


A Hipermetropia

 O hipermetrope vê em princípio melhor de longe do que de perto. Ao contrário da miopia, o olho é muito pequeno ou não suficientemente forte.
  A imagem se forma atrás da retina e o cérebro recebe imagem borrada.

Os sinais

Fadiga ocular e dores de cabeça podem ser sinais de hipermetropia sobretudo na atividades para perto.
Uma hipermetropia baixa passa freqüentemente desapercebida até os 40 anos, pois o olho se "acomoda"para estabelecer uma imagem nítida. Na criança, quando a hipermetropia é forte, ela é muitas vezes acompanhada de estrabismo, que deve ser rapidamente corrigido.

Correção

A hipermetropia é corrigida com uma lente convexa (positiva), que recoloca a imagem sobre a retina.
Ao contrário da miopia, as lentes para hipermetropes são mais espessas no centro do que nas bordas. A diferença de espessura é tanto maior quanto mais forte for a hipermetropia. Também existem materiais modernos que permitem lentes mais leves e finas para corrigir a hipermetropia.


O astigmatismo

O astigmata tem uma visão imperfeita, tanto para perto como para longe. Tem uma visão deformada dos objetos e não percebe nitidamente os contrates entres as linhas horizontais, verticais e oblíquas. O astigmatismo é um defeito de curvatura da córnea (ou do cristalino). Pode associar-se com outras anomalias visuais como a miopia, a hipermetropia ou a presbiopia - vista cansada.

Os sinais

O astígmata confunde as letras de características próximas como o H, o M e o N, ou os números como o 8 e o 0, ou ainda os sinais como + e o x.

Correção

O astigmatismo é corrigido com uma lente tórica (ou cilíndrica), cujas curvas compensem as da córnea. A espessura da lente não é a mesma em toda a sua superfície e a diferença de espessura é tanto maior quanto mais forte é o astigmatismo.
Também existem materiais de alta tecnologia que permitem lentes mais leves e finas para corrigir o astigmatismo mesmo quando é associado à miopia, hipermetropia ou presbiopia.


A Presbiopia

A presbiopia, chamada de vista cansada, é uma alteração natural da visão que se manifesta em todas as pessoas a partir dos 40 anos: o cristalino perde a elasticidade, encurva-se de forma insuficiente e perde a capacidade de acomodação para os objetos próximos,resultando em uma crescente dificuldade para ver bem de perto. Ela pode se combinar com os outros defeitos ópticos do olho (miopia, hipermetropia ou astigmatismo).


Os primeiros sinais da presbiopia:

Os seus braços já não são suficientemente compridos para ler o jornal. Não consegue enfiar um fio em uma agulha. Precisa de mais luz para ler. Não consegue ler as páginas amarelas ou uma carta do trânsito.

Correção

Existem vários tipos de lentes corretivas. Para lhe aconselhar sobre as lentes mais adequadas às suas expectativas e necessidades, Eric Gozlan e sua equipe prestam uma orientação em função das suas atividades tanto profissionais como de lazer, seus hábitos visuais, suas necessidades e seus gostos. Embora todas as lentes para presbiopia tenham por objetivo proporcionar a recuperação da visão de perto, nem todas possuem as mesmas características.


Lentes de leitura

Para ler o jornal, costurar, escrever, sem nunca olhar para além dessa distância, as lentes simples de leitura ou as "meia-luas" são adequadas. Mas quando você levanta os olhos para ver o que está na visão intermediária e de longe, as imagens ficam desfocadas. Isso obriga a tirar e pôr os óculos continuamente ou a olhar por cima deles. Existem lentes especiais com área de visão ampla para perto ideais para trabalho no computador,
cozinhar, trabalho de precisão.

Lentes bifocais

As lentes bifocais permitem ver de perto e de longe, mas são caracterizadas por uma linha de separação visível. Esta linha constitui um obstáculo, pois os olhos passam bruscamente da visão de perto à visão de longe, sem beneficiarem o campo de visão intermediário, além de revelar a idade do usuário.

Lentes progressivas

As lentes progressivas permitem ver nitidamente a todas as distâncias, devido à sua superfície óptica sofisticada. O olhar passa suavemente da visão de perto para visão intermediária e depois à visão de longe, sem qualquer esforço, naturalmente.







Referências:

http://www.fisicapaidegua.com/jornais/volume05.pdf

http://www.seara.ufc.br/tintim/fisica/visao/tintim4-2.htm


http://www.ericgozlan.com.br/web/artigos/os_defeitos_visuais.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário